terça-feira, 9 de dezembro de 2008

SEP C1 e MEP 7000 Pioneer - Controladoras MIDI com Pedigree

Vocês lembram quando eu falei aqui no blog sobre o fim dos CDJ´s?
Com certeza, teve muita gente querendo arrancar uma parte da minha anatomia íntima por eu ter profetizado um cenário tão doloroso para certos DJ´s.
Conforme eu já havia dito, as controladoras MIDI estão tomando cada vez mais espaço no mercado dos profissionais e por isso cada vez menos as grande espresas, como a Pioneer, irão investir milhões de dólares em pesquisa e desenvolvimento de produtos que utilizem CD como mídia de armazenamento.
Particularmente eu acho que cada um deve tocar com o que achar melhor, e já até fiz um artigo sobre isso. Esse negócio de ficar de "panelinha" dizendo que DJ profissional "tem que tocar com isso ou aquilo", na minha opinião, é coisa de gente frustrada e incapaz de assimilar novas tecnologias. Mas isso já foi discutido aqui, portanto vamos pular essa parte.
Mas voltando ao assunto principal do artigo, os mais recentes lançamentos (que nem são tão novos assim) da Pioneer vem confirmar a minha teoria: A era dos CD´s no mundo dos DJ´s está chegando ao fim.
Vamos falar das duas "gracinhas digitais" que a Pioneer está levando para as pistas do mundo todo.

SEP-C1
O controlador MIDI SEP-C1 é o que nós podemos chamar de "controlador de gente grande"!



Este fabuloso "brinquedo" custa caro: US$1000,00 em média! Mas a qualidade e a quantidade de recursos que esta lindíssima ferramenta de trabalho proporciona com certeza faz jus ao valor que se paga, com folga.
Basicamente o SEP-C1 é uma interface para um outro aparelho da Pioneer (do qual falaremos mais tarde) e que TAMBÉM serve como controlador MIDI. Os botões não são remapeáveis, como a Xponent por exemplo, mas já dá pra brincar legal com bons softwares do mercado, como o Virtual DJ.
Veja abaixo dois pequenos vídeos deste equipamento em ação como CONTROLADOR de software:



Como vocês podem perceber, o aparelho atende bem às necessidades. Pelo menos é o que parece pelo vídeo. Caso você queira ver mais alguns vídeos deste equipamento, dê uma olhada neste site.

É claro que você não vai encontrar neste equipamento a mesma flexibilidade da Xponent - que é "full midi" - mas com certeza este é um equipamento que pode ser levado à sério quando o assunto é "Mobile DJing".
Mas e se você ainda tiver centenas de CD´s e não quiser simplesmente jogar tudo fora de um dia para o outro? Aí vem a "outra parte do brinquedo"!
MEP7000
Basicamente, o MEP7000 é um player que toca tudo, menos vinyl e MD! Ele aceita variados formatos de arquivos, e é uma "extensão" do SEP-C1 para o uso de mídias físicas. Ele possui uma porta usb frontal, onde você pode ligar um pendrive ou um HD externo, por exemplo, e levar dezenas ou mesmo centenas de Gigas de música.
Particulamente, se fosse pra comprar este conjunto (que custa uns US$1500,00), eu preferia mil vezes comprar um par de CDJ400 mais um DJM400, que além de ser um conjunto muito mais bonito e "impactante" ainda permite mais flexibilidade, uma vez que o CDJ400 também serve como controlador MIDI e tem recursos muitíssimo interessantes. Além disso, mesmo que você não toque com CD´s (como eu)



No geral, o conjunto criado pela Pioneer é o sonho de alguns DJ´s digitais e o pesadelo dos DJ´s puristas, conforme descrito pelo site GIZMODO. Mas não há como negar: A era digital chegou, quem não se atualiza fica para trás e quem não estiver esperto perderá o lugar e o emprego para uma geração nova, mas que aceita e até mesmo cobra as evoluções do mercado. Como diria um vídeo motivacional que eu gosto muito - o "Hidrogênio" - "Utilize o computador da forma que puder. Ele pode ser seu inimigo ou seu melhor amigo! Como inimigo reduz salários e empregos. Como amigo pode ser o MELHOR INSTRUMENTO que você possuirá!" (Não deixem de ver este vídeo, que está aí embaixo)

Ou seja: Fique esperto. O mundo está evoluindo a passos largos. E as empresas não estão nem aí para as suas preferências pessoais. Atualize-se e comece a entender que a mudança é irreversível.
Se quiser alguma ajuda na transição, me procure. Terei prazer em ajudá-lo na transição.
Um abraço a todos!
==================================
Renato Siqueira
(DJ Renato Siqueira)
Festa Inbox
renatosiqueira@gmail.com
renato@renatosiqueira.com
http://eusoudj.blogspot.com
(21)8828-2882
(21)8231-5231
------------------------------------------------
Se voce gosta de tecnologia, motivacao e
empreendedorismo, nao pode deixar de ouvir
nosso podcast: Conversa Digital
http://conversadigital.blogspot.com/
==================================
"O sábio não se exibe, e por isso brilha.
Ele não se faz notar, e por isso é notado.
Ele não se elogia, e por isso tem mérito.
E, porque não está competindo, ninguém no
mundo pode competir com ele."
Lao Tsé
==================================
█║▌│█│║▌║││█║▌║▌│║▌│█
© ASSINATURA ORIGINAL ®

""d-_-b""...o quê???...""d-_-b""

Copyright© 1977-2007 ® corporation.
Todos os Direitos Reservados ®

==================================

7 comentários:

  1. Parabéns pela matéria Renato!

    Venho acompanhando o seu blog à algum tempo e muito me encanta esse entusiasmo e essa paixão com que vc encara a profissão de DJ.
    Também toco com computador, e partilho da mesma opinião sua em relação à tecnologia e o mesmo gosto por esta arte que muda tanto na forma mas não na essência.
    Vendo esse post me lembrei de algo que ví neste sábado. Tocando numa casa aqui perto da minha residência, na hora em que chegou o outro Dj para assumir as coisas, afinal tinha outro compromisso na noite, eis que o cara abre o case e estava lá: Duas Cdj 400 e um mixer da Stanton. Achei que o cidadão ia tocar com cd. Mas quando eu ví o cara tirando um notebook da mochila... Vc já sabe o final da história...

    É bonito e tudo... mas acho que não compensa... Ainda acho que era mais negócio esse cara sair de cima do muro e arrumar um controlador, né não? No mais, se o notebook dar pau ele deve ter alguns cds "na manga". Por este lado é bom, tipo um plano "b".

    Mas foi legal presenciar isto... É um grande sinal que as coisas realmente estão evoluindo, tanto no hard, soft, e no profissional.

    Mais uma vez, parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Onde eu compro eses equipamentos em sp? Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo post!
    Onde eu compro esse quipamento / equipamentos de DJ Pioneer em SP? Existe alguém que trás de fora?
    E-mail me: betomacario@gmail.com
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. kkk essa do notebook foi massa, ai muito legal a matéria tbm toco com o pc e acho que realmente daqui a algum tempo (assim como os vinis)as cdjs serão escassas,já toquei bastante com o vinil e pra quem ja tocou sabe que a adaptaçao não é tão dificil,toco com o virtual dj e acho mais facil ainda,muito massa seu blog continue postando materias como essas ok abraços! fabinho dj.

    ResponderExcluir
  5. show de bola o blog..
    te achei pelo site submusica no vídeo sobre o Xponent (muito bom tambem).

    Eu curto música e sempre usei o Vdj... agora estou afim de comprar uma controladora midi e estou na dúvida entre o xponente e o omni control..

    ResponderExcluir
  6. show de bola o blog..
    te achei pelo site submusica no vídeo sobre o Xponent (muito bom tambem).

    Eu curto música e sempre usei o Vdj... agora estou afim de comprar uma controladora midi e estou na dúvida entre o xponente e o omni control..

    ResponderExcluir
  7. Fala aí Renato,sou um admirador dos seus blogs e claro dos seus conselhos(claro não sou influenciável,mas gosto de tirar dúvidas),olhando esses controladores recem lançados,vejo o quanto o meu Xponent é super importqnte no meu trabalho.Sempre esbarro com Djs que me olham de lado quando abro meu case e o coloco encima da mesa e começo a cabea-lo,tipo,"mais um DJ de laptop",mas quando estou tocando ou estou terminando e guardando-o,me perguntam,"QUANTO CUSTOU?" ou "ONDE VC COMPROU?.claro que tem alguns Djs que pela suas costas falam,"DJ QUE TOCA CM NOTEBOOK,JAMIS SERÁ RESPEITADO COMO DJ DE VERDADE UM DIA".Bem sempre passei por cima do preconceito e estou resistindo(e resistirei)a esse preconceito,afinal vale o resultado final da festa e a qualidade do TRABALHO que foi feito.Abraços irmão e felcidades,continue apostando e mostrando pra essas pessoas que um DJ de verdade,é aquele que acima de tudo é PROFISSIONAL.

    ResponderExcluir